2 de maio de 2010

"As Melhores Pessoas São as Loucas"!

Finalmente fui ver “Alice no País das Maravilhas”, do Tim Burton.


Eu adoro Tim Burton. Adoro a maluquice dele!
Desde os tempos de Edward Mãos-de-Tesoura, primeiro filme do Johnny Depp com ele. Adoro a parceria deles. Aliás, adoro Johnny Depp.
Nossa, quanto "adoro"...
(Outros filmes que eles fizeram juntos: Ed Wood, A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, A refilmagem de A Fantástica Fábrica de Chocolate, A Noiva-Cadáver, Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet).

O filme Alice é baseado nos livros Alice no País das Maravilhas e Alice no País dos Espelhos (também traduzido como Alice Através do Espelho) escrito por Lewis Carroll em 1865 e 1871.
Claro, numa livre adaptação de Burton.
Eu tinha o livro quando era pequena. Será algum tipo de identificação desde criança?
o_O
Mas uma coisa é certa. Esse filme é tudo, menos pra criança. Não é um filme infantil.
Mas, vamos ao filme.

Não entendi o 3D do filme. Achei totalmente desnecessário. Mas acho que grande parte da culpa foi eu ter visto ele dublado (erro que nunca mais cometerei – prometo a mim mesma).
Mas adorei o filme mesmo assim.
As roupas (os vestidos de Alice são perfeitos). A maquiagem. As cores vibrantes. O ambiente sombrio.
Tudo tão Tim Burton...
A Rainha Vermelha. O Chapeleiro. O Gato Risonho. A Lagarta Azul. As Alamedas de cerejeiras na entrada do Castelo da Rainha Branca. O Realismo Fantástico da narrativa.
Enfim, tudo!

Mas nada supera as frases e diálogos nonsenses do filme. A começar pela frase-título desse post.

“E quem pode dizer o que é correto? E se alguém dissesse que "o correto" era usar um bacalhau na cabeça, você usaria? Pra mim o espartilho é como um bacalhau!”

 
“Alice: Isso é impossível !
  Chapeleiro: Só se você acreditar que é !”

“Cortem as cabeças!”


“Cachorros acreditam em qualquer coisa!”

“Às vezes, eu acredito em pelo menos 6 coisas impossíveis antes do café da manhã!”


"Nada se é conquistado com lágrimas!"

"Você perdeu a sua muiteza!"


“Eu amo coelhos, principalmente os brancos!”

“É melhor ser temido do que ser amado!”

“Eu não posso ajudar você, se nem você sabe quem você é, garota estúpida!”


“Adeus, chapéu querido!”

"As árvores parecem tristes. Você tem conversado com elas?"


“Tem um lugar, firme igual a uma terra, dizem, que para sobreviver você tem que ser louco como um chapeleiro. O que por sorte eu sou!!"

E fica a pergunta:

"Qual a diferença entre um corvo e uma escrivaninha?"

P.S- (ou seria a semelhança? Vi o filme dublado e talvez tenham traduzido "diferença"... não lembro, mas também... descobrindo a diferença não é possivel achar a semelhança?)

6 comentários:

Robilob Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare