19 de setembro de 2009

Viagem Dia -18: Selecionando o que levar na mala!

EURO HOJE:R$ 2,66

Meldeeeeeeeeeeeeeeeeels...
Faltam apenas 18 dias...
E pense que acho que essa é a parte mais chata ao se planejar uma viagem: decidir o que deixar em casa!
Sim, porque numa viagem temos que abrir mão de todo o nosso guarda-roupa e limitar nossas vestes a apenas uma malinha!
E eu confesso, não escondo, não ligo pra o que dizem, e nem me importo se reprovam, mas por mim sempre levaria umas 3 malas (sim, se eu não tivesse que carregá-las, nem arrumá-las e nem pagar a mais por isso) para onde quer que eu fosse.
Existe coisa pior do que ter que decidir, entre apenas poucas roupas, o que você vai ter que vestir durante 1 mês inteiro, sabendo que se todo o seu guarda-roupas tivesse vindo junto você teria muito mais escolhas? E o pior, usar os mesmo três sapatos durante 1 mês?
Mas, nesse caso específico dessa viagem, a coisa se complica bastante.

Primeiro, moro em Recife.
Vou para a Europa, no outono. Vou para a Irlanda (temperatura média em outubro: 11 °C). Vou para a Escócia (temperatura média: 7 °C). Vou para Veneza (média de 15°C).
Isso sem falar na sensação térmica que, por causa dos ventos e da chuva fina, deixa essas médias bem mais baixas!

E sabe quantas blusas de gola alta eu tinha?
Absolutamente nenhuma! Odeio! Só de pensar, dá calor!
Segundo: odeio sapatos fechados! Nem tênis eu gosto (só tenho porque corro, lógico)! Odeio meias!
E, claro, não tenho casacos de frio (porque eu teria isso?).
E assim, meu guarda-roupa de nada serviria (e nem está servindo) para essa viagem. Pelo menos tenho esse alento! \o/

Mas, eu tenho que levar roupas.
Botas. Casacos. Luvas. Cachecol. Roupas segunda-pele (kkkkkkkkkkk – ninguém merece isso!)
E, fala sério, enquanto todas as vitrines dos shoppings estão com lindas novas coleções primavera-verão, roupas leves e claras, lá vou eu, mais uma vez no shopping, em busca de uma meia de lã, um casaco impermeável, uma bota de cano médio (sem salto, de couro, por causa da chuva).
E digo logo que achar uma bota em Recife, em pleno setembro, que seja seu número, é uma tarefa quase impossível. E ainda bem que é.

PAUSA 1 : Existe algo mais brega e tosco do que alguém usar uma bota em Recife?
Eu até admito usarem uma blusa de gola alta (o calor é de quem usa, não é?), ou um casaquinho pra trabalhar (até porque, quanto maior o calor do lado de fora, mais frios são os ambientes internos, mais potentes são os aparelhos de ar-condicionado das empresas, e só um casaco pra não matar as mulheres de frio - não, os homens nunca sentem frio!).
Mas uma bota?
Me desculpem as pessoas adultas bregas de toda sorte (só as crianças estão perdoadas), mas se você quer estar na moda e seu sonho é usar uma bota, compre uma passagem de avião.

Aqui não dá!

Mas, voltando... sorte tenho de ter uma irmã que mora em Porto Alegre. Minha bota veio de lá. E ainda foi bem mais barata que se tivesse comprado aqui (tá vendo, avião é a solução).
E não adianta aquele papo de gente mal resolvida com o lugar onde nasceu que diz: “mas acho tão bonito, elegante e chique, etc. e tal pessoas vestidas com roupas de frio”. Como se vestidas assim as pessoas fossem mais felizes...
Sim, é bonito, se você for tirar fotos para uma revista né... porque usar diariamente 3 calças, 5 blusas, 2 casacos e um sobretudo, além de bota e cachecol e dizer que se sente muito confortável... Kkkkkkkkkk
Pergunta a quem mora no frio... e depois agradeça ao sol nosso de cada dia!

Mas... ainda tem outro agravante.
O peso e volume dessas roupas.

PAUSA 2:Teremos que resolver a seguinte equação:
Como transformar 2 malas de até 32 kg (cada) + bagagens de mão até 12 kg --> 1 mochila de 10 kg.
O vôo intercontinental permite despachar até 2 malas e ainda permite 2 bagagens de mão.
Os vôos Lacoste permitem apenas a sua única e exclusiva mochila de até 10 kg, contando com tudo (câmera, documentos, líquidos, sapatos, casacos e roupas).

E começam os dilemas: levar ou não um sobretudo (que pode significar morrer ou não de frio), que vai sobre tudo mas não serve pra tudo (imagina vestir um sobretudo molhado pela chuva... e nem dá pra apelar para a sombrinha por causa dos ventos) ou levar apenas casacos curtos impermeáveis, daqueles fofinhos, e sair pela rua parecendo aquele bonequinho da Michelin?

Não parece?

No final das contas, preferiria levar os dois.
Ta vendo? Se fossem roupas de verão, levaríamos até 3 e caberiam na mala... mas não dá... a escolha tem que ser feita aqui.
E você acaba levando apenas um deles e vai sair em todas as fotos com a mesma roupa (porque vc pode até usar 3 blusas diferentes por dia, uma sobre a outra, mas nas fotos só quem vai aparecer é o casaco).
Como uma amiga me disse hoje: você começa a fazer parte da Turma da Mônica. Sempre a mesma roupinha!
:o))

Mas para tudo existe uma solução, e o jeito vai ser a gente apelar para a criatividade e os cachecóis.

E vocês? Aguardem as fotos!!!
:)))

3 comentários:

Robilob Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare