15 de dezembro de 2009

Viagem Dia 01: A longa viagem de ida!

Finalmente!!!!
\o/
Depois de um pequeno hiato (68 dias pra ser mais exata), finalmente hoje o diário de viagem começa a ser escrito aqui (com a colaboração de Docinho e Anália, as outras 2 integrantes da excursão).

Dia 08/10/09:
Essa viagem começou a ser planejada quando um dia, Débora, uma amiga minha que mora na Irlanda, me chamou pra eu ir lá passar férias.
Ela não tinha ideia no que tava se metendo.
:)))

Malas prontas, tudo organizado.
O dia de viajar chegou.
Cada uma ia levar sua mala e uma bolsa de mão, além dos casacos (as nossas mochilas iam devidamente acomodadas dentro das malas). Nossas malas estavam lindas... todas com os elásticos pretos de bolinhas amarelas. Lindas!!!
Eu ia levando 2 malas, pois Débora me pediu para eu levar uma mala pra ela (a mãe dela queria mandar umas coisas pra ela... e ela queria que eu trouxesse outras de volta).

A MALA DÉBORA:
Essa mala merece um destaque.
A mãe dela, saudosa da filha, resolveu mandar, num pequeno espaço de uma malinha, toda a saudade que sentia, em forma de coisas, para Débora. E as coisas variavam entre feijoada em lata, creme para pentear cabelo e bolo de rolo. Entre muuuitas outras coisas.
E é claro, a malinha nem ousou fechar.
Tivemos que fazer um remanejamento de coisas entre nossas malas (o que significou saudades da mãe de Débora espalhada por toda a nossa bagagem). E o que sobrou, colocamos numa sacola de viagem frágil, descartável (tipo, se acontecer algo, aconteceu). O bolo de rolo, ela ficou de mandar no dia da viagem. Pra ele ir bem novinho.
E a mãe dela deixa 4 kg de bolo de rolo um dia antes da viagem na minha casa para eu levar.
Eu disse: QUATRO KILOS!!!! E é claro, que não tinha mais espaço em lugar nenhum para esses 4 kg de bolo.
Mas, fomos pra o aeroporto, com as 4 caixas de bolo dentro de uma sacola de papelão, tentar achar uma solução pra eles (várias idéias foram sugeridas lá...inclusive a de cada uma levar uma pequena fatia na bolsa de mão...kkkk... pelo menos ela sentiria um gostinho de bolo de rolo - só quem é pernambucano sente essa saudade de bolo de rolo. Não dá pra explicar!)
E quando os bolos já estavam fadados a serem divididos entre nossas famílias no aeroporto, eis que a mãe de Docinho disse: “Ah, não. Ela vai sim receber esses bolos. Me dá essa sacola aqui que eu vou resolver isso.”
E foi...e voltou com a sacola embalada naqueles plásticos de embalar mala que tem em aeroportos. E a gente pensou: é...a gente despacha eles assim mesmo. Se chegar, chegou!
E despachamos a sacolinha plastificada, com os bolos dentro.


Os vôos:
Recife-São Paulo:
Era para termos saído de Recife às 12h35 (na hora do almoço).
Mas, hoje no Brasil, um avião da TAM que saia na hora, sem estar lotado e sem confusão no embarque... pode olhar pela janelinha... você está viajando em outra companhia.
E... o voo atrasou 1 hora e meia.
O embarque foi numa aeronave que estava vindo de um voo internacional (pelo menos era uma ótima aeronave – Airbus), os assentos eram de livre escolha (pra não dizer... quem puder , pegue sua cadeira, quem não tiver uma, desça) e ainda tivemos que sentar perto do time de futebol do Santos (com direito a Wanderley Luxemburgo no voo, que tava sentado na 1ª classe, claro) que tinha vencido o Sport na noite anterior e tava voltando pra São Paulo (não conhecia nenhum deles... mas o povo passou o voo pedindo fotos e autógrafos).
Mas correu tudo bem.

São Paulo-Amsterdã:
Devido ao atraso em Recife, perdemos o tempo que teríamos no free shop de São Paulo, que estava lotadérrimo e acabamos sem comer nada e embarcamos famintas!!!
Saímos as 18h40 de Sampa, pela KLM. Voamos a noite toda. Não conseguimos dormir direito. Mas teve pouca turbulência. Chegamos perto do meio-dia, horário de Amsterdã (o comissário ainda teve a audácia de dizer pelo sistema de som do avião num bom portulandês: “Bem-vindos a Amsterdã, Holanda. O tempo está ótimo. Lá fora faz 7ºC”.

Amsterdã-Dublin:
O voo , apesar de na passagem está escrito KLM, é feito por uma empresa irlandesa chamada Aer Lingus (nome gaélico, tipo pra dar boas vindas ao que vc vai encontrar lá).
Eu e Docinho tentamos dormir durante esse trecho. Anália passou o voo inteiro tagarelando com um brasileiro que estava indo pra Dublin visitar a filha.
O voo durou cerca de 1 hora e finalmente, às 15h00 (horário local), chegamos em Dublin.
Não se iludam...nunca ouviram falar em finger nos aeroportos da Irlanda. Sabe descer na pista do aeroporto e ir andando até o saguão? Foi isso que aconteceu. Mas não teria tido problema nenhum, se não estivesse chovendo quando chegamos lá... e se eles tivesse pelo menos guarda-chuvas para os passageiros.
Nada disso! Desembarcamos e corremos na chuva mesmo. E tava frio!!!
Kkkkk
E Anália deu adeus aos cabelos escovados. Kkkkk

DICA: Se você for viajar e tiver que pegar várias conexões: NÃO VIAJE DE CINTO!!! Ou viaje, e aguente a revista, em cada embarque, ao passar no detector de metais (Anália ficou craque nisso!).

Passamos pela nossa primeira imigração.
Fomos para a fila dos não europeus (que, ainda bem, era sempre bem menor) e decidimos ir as 3, de uma vez só, no guichê da imigração.
O que acabou sendo ótimo, pois o homenzinho fez uma pergunta que as 3 responderam ao mesmo tempo, ele não entendeu nada. Perguntou onde íamos ficar, até quando... e carimbou nossos passaportes (tipo pensando: “whatever...”)
Sequer pediu pra ver algum documento extra nem comprovante de nada. NADINHA!!!

E fomos pegar nossas malas.
Todas elas chegaram.
\o/
A de Anália veio com a roda quebrada. Nas suas palavras:
“Fiz a queixa. Quando o atendente do aeroporto começou a falar não entendi nada. Então falei: “Please, speak very, very, very slow with me and I’ll understand you”. Sua resposta foi: “Ok. When……….. you……… arrive………… at…………. The………….. hostel…………..” Ele ficou falando bemmmmmmm devagar. Uma onda"


E os bolos de rolo?
Chegaram sãos e salvos. Acreditem. Intactos.
3 voos e quase 24 horas depois.
Uma sacolinha de papelão. Embalada com plástico no aeroporto. Com bolos de rolo dentro.

Olhem a felicidade de Débora abraçada aos bolos!

Débora nos esperava. Ansiosa para nos ver... ou para ver tudo que levamos para ela... ou os 2!
:)

2 comentários:

Paulo on 16 de dezembro de 2009 08:09 disse...

Que demora!!!! mas valeu a pena. Vai ter relato de cada dia? Pelo menos movimenta o blog, né?

sabrina disse...

kkkkkkkk... eu tentando dormir e Anália TAGARELANDO, muito bom.

Robilob Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare