4 de outubro de 2010

Fotografias de Segunda (Lomografia)!

Lomografias
Desde que comecei a fazer meu curso de fotografia (que por sinal, terminou sexta passada - snif snif... já to com saudades das aulas), mas enfim, desde que comecei o curso, meu mais novo objeto de desejo é uma câmera Lomo.
Por mais estranho, antigo e fora da realidade das novas supercâmeras digitais que isso possa parecer (inclusive meu prof. de fotografia torceu o nariz só porque ousei perguntar sobre a Lomografia... e reconheço: foi ousadia!)
=)

Uma câmera Lomo pode ser definida como o antônimo de uma câmera digital SLR (a minha, por exemplo. kkkkk).

* Pra quem não lembra o que é Antônimo: É o nome que se dá à palavra que tenha significado contrário (também oposto ou inverso) à outra. 
Ex: Baixo --> Alto
      Claro --> Escuro
      Canon Rebel --> Lomo 

Canon (eu tenho!) X Lomo Diana (eu preciso!)
Acho que talvez seja a melhor definição de uma câmera Lomo: 
Antônimo de uma câmera D-SLR.


Mas, como nem todo mundo conhece minha câmera (poxa, nunca tirei uma foto dela... mas vou colocar uma foto “genérica” dela aqui), hoje esse post é pra prestar esses esclarecimentos à população.






A Lomografia teve início na antiga União Soviética.
A LOMO era uma poderosa fábrica de armas russas e produtos óticos.
Em 1982, um General russo (Igor Petrowitsch Kornitzky), amante da fotografia, se encantou com uma câmera japonesa compacta e ordenou que a fábrica Lomo produzisse, em grande escala, câmeras fotográficas similares, pequenas, robustas e fáceis de manipular, que pudessem ser adquiridas por todas as famílias russas, com o objetivo de se tornar um meio para documentar o estilo de vida soviético, e assim tornar-se instrumentos de propaganda do regime. E assim surgir a LOMO LC-A, que rapidamente se tornou muito popular nos países comunistas.

Daí... os anos se passaram... o muro de Berlim caiu...o comunismo caiu... e as câmeras Lomo, assim como os carros Trabant (clipe “One”, do U2, gravado em Berlim feelings) viraram itens de colecionador.

Um belo dia, em 1991, jovens vienenses passeando, de férias, por Praga, viram e compraram, numa loja de câmeras antigas, uma câmera Lomo. Saíram fotografando tudo que viam com a nova câmera, sem se preocupar com luz, enquadramento, nada, e ao retornarem pra casa e revelarem as fotos, foram surpreendidos com as belas e estranhas imagens captadas pela Lomo. A notícia se espalhou e logo as fotos Lomo viraram moda em toda a Viena.

Em 1992-1993, com o sucesso, eles resolveram criar a Sociedade Lomográfica Internacional ou Lomography, como é conhecida, com o intuito de preservar as câmeras Lomo, já que a fábrica, na antiga União Soviética, não produzia mais a câmera.
Criaram algumas regras e definiram alguns conceitos e assim a Lomomania se espalhou. Várias exposições de lomografia foram realizadas pelo mundo e, devido à popularidade que a câmera Lomo atingiu, a fábrica russa voltou a produzir a câmera e também vários outros tipos de câmeras Lomo foram lançados.

Hoje, a Lomografia possui milhares de adeptos espalhados pelo mundo!

Agumas definições:

Lomografia: A arte de fotografar com uma Lomo consiste em fotografar ao acaso, de forma imprevisível. A Lomografia não é uma fotografia encenada, produzida; é uma fotografia do cotidiano.

Câmera Lomo: É uma câmera automática, analógica, de alta sensibilidade, capaz de capturar cor e movimento sem necessidade de flash e sem deformação.
Existem vários modelos de Lomo, dependendo do efeito que produzem nas fotografias, sendo os mais conhecidos a LC-A, Diane, Holga, Fish-Eye, Oktomat, assim como vários acessórios complementares a cada uma delas.
Câmeras Lomo

As 10 regras de Ouro da Lomografia:
1. Leve sua Lomo sempre com você.
2. Use quando quiser – dia ou noite.
3. A Lomografia não interfere na sua vida, faz parte dela.
4. Fotografe sem olha no visor.
5. Aproxime-se o máximo possível do objeto lomográfico desejado.
6. Não pense.
7. Seja rápido.
8. Você não precisa saber antecipadamente o que fotografou.
9. Nem depois.
10. Não se preocupe com as regras.

O resultado: Será sempre surpreendente!

Para saber mais sobre a Lomografia é só entrar no site da Sociedade Lomography: www.lomography.com.br
Lá é possivel ver fotos, ler dicas e truques de como usar a Lomo, se informar sobre eventos e também comprar câmeras, filmes, acessórios na lojinha virtual do site.

Agora me respondam: "Lomografia" não é o antônimo de “Eu fotografo com uma D-SLR”?
:))))

4 comentários:

{carol.maia} on 5 de outubro de 2010 08:21 disse...

Eu tenho : )
E ai, compro ou não compro o conversor ? Beijos

wanda on 5 de outubro de 2010 23:39 disse...

cada dia vc me surpreende mais!

FernandaV. on 7 de outubro de 2010 14:50 disse...

também desejo *___*

Anônimo disse...

que comparação nojenta! lomografia é mais do que somente uma câmera.

Robilob Copyright © 2010 Designed by Ipietoon Blogger Template Sponsored by Online Shop Vector by Artshare